Sobre nós

Mesmo com um número considerável de escolas que ofereciam a prática do remo, os sócios Eduardo Freitas, engenheiro, Estevão Lopes, atleta paralímpico, e Christian Cortês, atleta, perceberam a necessidade de criar um centro de treinamento que ensinasse a modalidade para todos.

De agosto a dezembro de 2016, os três colocaram em prática o projeto que consistia em uma escola aprazível e acessível, capaz de atender a pessoas com ou sem deficiência, com oferta de material de altíssima qualidade.

Sob o lema “todos podem remar”, a escola foi construída no Clube Nipo, que abriu as portas e disponibilizou total apoio para a realização desse sonho. Quatro meses de muito trabalho resultaram numa escola de excelência.

A Capital do Remo foi inaugurada no dia 10 de dezembro de 2016. Um ano depois, Christian se desligou da sociedade para se dedicar à carreira de atleta.

A escola então partiu para um novo sonho: a construção de uma nova sede, feita com matérias de demolição. A obra foi finalizada em março de 2018.

Novas modalidades foram acrescidas à escola, que já sediou o:

  • Campeonato Sulamericano de Remo Olímpico 2017;
  • Campeonato Brasiliense de Canoagem e Paracanoagem Velocidade (2017, 2018 e 2019);
  • Campeonato Brasiliense de Remo (2017, 2018 e 2019).
  • Campeonato Brasileiro Interclubes de Canoagem e Paracanoagem Velocidade 2019;

Em três anos de história, participamos também de ações importantes para o meio ambiente e as práticas esportivas:

  • Dia Mundial da Água (2017 e 2018);
  • Soundfar Brasília (2018);
  • Adrena Hunters Beneficente (2018);
  • Trashtag Brasília (Duas edições em 2019);

Oferecemos aulas para alunos de todos os níveis. Qualquer pessoa esta apta a praticar o esporte, dos 8 aos 90 anos.

Sigam nossa voga!